Ano novo, negócio novo: confira os motivos para levar seu negócio físico para o digital em 2021.

Em 2020, o varejo físico foi um dos setores mais impactados pela pandemia. Isso fez com que milhares de empreendedores iniciassem uma transformação em seus negócios e, consequentemente, migrassem para o universo online.

O fechamento do comércio “de rua” e a migração natural para as compras virtuais fizeram com que 5,7 milhões de consumidores comprassem na internet pela primeira vez, entre os meses de abril e junho de 2020.

Além disso, de acordo com a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), nesse mesmo período, 135 mil lojas aderiram ao comércio eletrônico para continuar vendendo e se mantendo no mercado. A média mensal antes da pandemia era de 10 mil lojas.

Para ser visto e vender é preciso estar na internet. A presença física está menos atrativa e o custo tornou-se maior que o benefício das vendas.

Por que migrar para o digital?

Veja abaixo cinco pontos que facilitam a migração do negócio físico para o online e a oportunidade de aproveitar todas as vertentes que o mundo virtual tem oferecido. Confira:

1. Você já possui CNPJ e os produtos

Um ponto que o comerciante de loja física já sai na frente em pular toda essa parte burocrática e de início de negócio é já possuir CNPJ e fornecedores. A facilidade na compra de produtos mais em conta e o fato de já dominar o nicho em que atua.

2. Cuidado com o estoque

A venda online acelera a rotatividade dos produtos e para não ficar perdido na hora do controle é necessário ter organização no sistema e operação. Recomendo que use os mesmos códigos do físico para o online, pois facilita na hora de dar baixa no site.

3. Respeite as vendas

É preciso respeitar tanto as vendas do físico como do online, sem nunca esquecer de dar baixa no sistema. Outra dica é sempre que chegar na loja, ver se existe algum pedido aprovado no online, pois se esquecer dessa checagem pode resultar no aumento da taxa de cancelamento e prejudicar a sua evolução do negócio.

4. Divida o tempo e sua equipe

Este é um ponto muito importante para a organização da empresa. Existem empreendedores que começaram com uma equipe muito enxuta e não conseguem tempo para realizar o atendimento online, o que prejudica a performance da loja.

Dê oportunidade para um membro do time que tenha mais facilidade e tempo para realizar a tarefa.

5. Venda também nos marketplaces

Uma dica é começar pelos três maiores marketplaces, que são, B2W, Magalu e Mercado Livre, pois os produtos que você prepara para esses canais você consegue levar para outros.

E o mais importante: faça corretamente o planejamento e integração da sua loja virtual com os marketplaces e com isso alavancar um aumento nas vendas.

 


 

Veja motivos para migrar seu negócio para o digital em 2021 Classificação geral: ★★★★★ 5 baseado em 94 avaliações
5 1

Avalie esta publicação